PARCEIRO OFICIAL

20120901-123032-094990.jpg
Capture d’écran 2019-12-08 à 15.43_e

A voz portuguesa de França...

Pede-me sempre mais forte

Para te ir descobrir o Norte

Acalmar as ondas e o vento

Imaginar que sou teu invento...

 
 
pedro_alves_2
pedro_alves_13
Pedro_alves_portrait-768x1152
pedro_alves_35
pedro_alves_7
pedro_alves_6
pedro_alves_33
pedro_alves_47
pedro_alves_31
pedro_alves_30
pedro_alves_32
pedro_alves_40
pedro_alves_41
pedro_alves_42
pedro_alves_45
pedro_alves_44
pedro_alves_43
pedro_alves_46
pedro_alves_antonio
Galerie-Pedro_alves_portrait
7
8
3
9
10
11
27913151_2050432171639840_58360610329082

BIOGRAFIA

Dom Pedro Alves é um cantor, autor, compositor e escritor, de origem portuguesa, nascido a 19 de julho de 1976, em Dijon (21), França. 

Dom Pedro é neto de Isaías Martins, guitarrista e cantor de Fado, em Portugal, durante o regime ditatorial de Salazar.Isaías transmitiu-lhe a coragem, a perseverança e a sua guitarra.

Aos 12 anos, com a cesta da sua bicicleta cheia de bolos de chocolate, Dom Pedro fugiu para Paris para se tornar cantor. Os seus pais puseram, de imediato, fim a essa fuga emancipada e, logo na manhã, inscreveram-no no conservatório. Todos os fins-de-semana acompanhavam-no aos bailes, que ele animava com o seu grupo, na região,com apenas 18 anos. Passou, com distinção, ao exame de admissão da escola d’Alice Dona e, finalmente, Paris.

Durante 4 anos Dom Pedro aprendeu e participou em 3 álbuns:

  • 1996 – Vacances 2001 – Les routes du soleil (coletivo Studio Alice Dona);

  • 1997 – Génération Aznavour (coletivo Studio Alice Dona);

  • 1999 – Couleur de l’ombre (álbum d’Alice Dona – choriste). Ele multiplicou as TV’s e Alice Dona convidou-o para os seus 60 anos no Olympia. Continuou durante mais 2 anos no Conservatório de Cachan.

Em 1998, Dom Pedro Alves foi selecionado para o concurso da Eurovisão 1999, com o título Never More, escrito por Claude Lemesle, ficando empatado, em 2º lugar, com Ginie Line. Gilbert Becaud, que era jurado, sussurrou-lhe ao ouvido, nos bastidores, e disse-lhe que teria uma carreira promissora. Apenas hoje Dom Pedro entende as palavras desse mestre.

 

Em 2000, Dom Pedro interpretou Aaron no musical “Os 10 mandamentos”. Ele assegurou o seu papel durante as 320 datas de turnê, com mais de um milhão e meio de espectadores. O seu duplo ainda se ressente dele. 8 milhões de discos foram vendidos. Encontramo-lo, depois, no álbum Love United e Noël ensemble.

 

Em 2004, Lionel Florence escreveu-lhe “Je Chanterai”, integrando-o no seu álbum Des Rencontres Et Des Mots, onde podemos encontrar: Florent Pagny, Johnny Hallyday, David Hallyday, Les Enfoirés, Alain Chamfort, Pascal Obispo, Patricia Kaas, Patrick Fiori, Daniel Levi, Maurane. No mesmo ano, Yann-Philippe Blanc faz de Dom Pedro uma assinatura presidencial na Warner e diz-lhe, durante o seu primeiro encontro, “A França saberá que tu és uma das grandes vozes do país, pouco importa quantos álbuns, eu terei que financiar para isso”.

 

Dom Pedro lançou o seu álbum: ATTENTION FRAGILE com o single: WATCH A WOMAN (Pascal Obispo – Lionel Florence) – título interpretado na eleição da Miss França.

Depois de todos estes sonhos, realiza o sonho de trabalhar com Johnny Hallyday, desde 2007 a 2009.

O seu diretor artístico e de projeto – ramo da internet – aplicou-se de tal forma que conseguiu com que ele colaborasse nos videoclips Chavirer les Foules e Que restera-t-il. Para realizar o sonho de outros artistas, em 2008, é produtor executivo do videoclipe de Parle Hugo, para a associação “Les Voix de l’enfant”, Yanke Prod, com a participação de Anne-Laure Girbal, Lââm, Hoda, Nicolas Peyrac, Pauline Delpech, Bruno Solo, Marie Myriam, Ophélie Winter, Faudel, Jenifer, Nâdiya, Michel Delpech, Julie Zenatti, Michel Fugain, Tété, Cali, Victoria, Sylvie Vartan, Michael Jones, David Hallyday, Emmanuel Moire, Leslie, Patrick Fiori, Claire Keim, Michel Jonasz e Francis Lalanne.

Solicitado pelo grupo do musical Grease, em 2009, faz um triunfo, em Paris, no Théâtre Comédia, no Palácio de Congressos de Paris, bem como, 3 dias em Bercy e por mais de 150 datas em digressão, “sans décoiffer sa banane” (papel de Sonny).

Dom Pedro Alves é produtor e programador de shows no Sentier des Halles em Paris, e também faz álbuns para outros cantores.

Em 2011, em paralelo com o seu restaurante Music Str’eat com palco aberto a artistas, cria Serial Liver, uma produtora de espetáculos da qual é diretor até 2013. Em outubro de 2011, Dom Pedro Alves participou no espetáculoe concerto – Dvd Lorraine de Choeur – 2000 CHORISTES, sob a direção de Jacky LOCKS, na Galaxie d’Amnéville com Pablo Villafranca, Garou, Tina Arena e Marina d’Amico.

E então, a sua companheira,há 15 anos instalada em Paris, convenceu-o a tornar-se seu agente. Pedro preparou 3 álbuns com diferentes conceitos e participações mais 2 livros, em 3 anos. Entretanto Dom Pedro convenceu a sua companheira a casar com ele e a partilhar o quarto da sua filha Lily, com a pequena Eloïse, nascida a março de 2015, que empresta a sua voz ao título “Caminho” e que continua a número 1 na comunidade de fãs de Dom Pedro Alves.

Dom Pedro continua a sua digressão pelas embaixadas francesas em todo o mundo e lança o seu primeiro romance, publicado pelas Editions Fortuna, a 11 de abril de 2016 “Des sanglots dans la voix”. Cujo prefácio é de Linda de Suza, quarto na capa do seu amigo Patrice Guirao e que recebeu uma dedicatória excecional no Salon du livre, de Paris.

 

Em 2017, Dom Pedro Alves trabalhou com Jean-Félix Lalanne, intrigado pela guitarra portuguesa e deslumbrado pela voz de Dom Pedro. Gravaram 3 faixas, acompanhados de Pascal Reva e Kevin Reveyrand. Jean-Félix convidou, então, Pedro para subir ao palco em Paris durante a sua primeira edição de Jean-Félix & Friends, em 16 de dezembro de 2016.

Dom Pedro é também diretor artístico em diferentes projetos.

Um clipe com diversos artistas para uma associação está disponível para os nossos ecrãs de TV em 2018.

JE VIS AVEC pelo coletivo “cœur de tribu” composto de: Eric Bautheac, Avy Marciano, Gil Alma, Pauline Bression, Harry Roselmack, Nathalie Marquay-Pernaut, Sabrina Perquis, Karima Charni, Camille Esteban, Manon (The Voice) eJean-Luc Guizonne

O ano de 2019 foi importante. Marcado pela produção e o lançamento do álbum Carte Postal du Portugal, distribuído pela Warner Music, em setembro e uma turnê, cujo ponto final foi um grande sucesso no Zenith em Dijon, França. Paralelamente, Dom Pedro foi o artista da primeira parte do espetáculo de António Zambujo, no Trianon, em Paris, a8 de fevereiro de 2019 e foi convidado por Daniel Levi, no Olympia de Paris, a 6 de junho de 2019. 

Em 2020 Dom Pedro Alves acabou a participar num videoclipe com 160 personalidades francesas, oferecendo os direitos à Fundação Hospitais.

Dom Pedro Alves é, há muito tempo, uma voz que já não apresentamos, mas que ouvimos.

Dia 8 de Março, dia internacional da mulher, foi o dia escolhido, simbolicamente, pelo artista para lançar, em Portugal,o seu primeiro álbum em Português “Sempre Mais Forte”, com a particularidade de que todos os direitos inerentes da comercialização, interpretação, autoria e composição reverterem a 100% para a Associação de Apoio á Vítima de Violência (APAV) até alcançar a venda de 7500 unidades, valor correspondente a um disco de ouro em Portugal.

DISCOGRAFIA

1996   VACANCES  2001    LES ROUTES DU SOLEIL (coletivo studio Alice Dona)

GÉNÉRATION AZNAVOUR (coletivo Alice Dona)

COULEUR DE L’OMBRE (Álbum d’Alice Dona - Choriste)

2000 OS DEZ MANDAMENTOS (PASCAL OBISPO  PATRICE GUIRAO/LIONEL FLORENCE)

música SOLO DEVANT LA MER e OH MOÏSE com LISBET GULDBAEK, ANNE WARIN e YAËL NAÏM 

2002 single REGARDER UNE FEMME (PASCAL OBISPO, LIONEL FLORENCE)

2003 LOVE UNITED

2003 NOËL ENSEMBLE

2003 single UN JOUR SANS

2003 single REGARDER UNE FEMME

2004 Cançao JE CHANTERAI álbum de Lionel Florence DES RENCONTRES ET DES MOTS

2004 álbum ATTENTION FRAGILE 

2011 DVD LORRAINE DE CHŒUR      2000 CHORISTES

2018 : Single JE VIS AVEC

2019 : Álbum CARTE POSTALE DU PORTUGAL - single LOUCURA - single COMME VOUS 

2020 : Single AU NOM DES FEMMES - Portugal

2021 : Álbum SEMPRE MAIS FORTE - Portugal - 8 de Março

Prémios

Disco de diamante, ouro e platina + vitória da música + NRJ Music Awards para OS DEZ MANDAMENTOS, emFrança;

mas acima de tudo: as 2 meninas mais bonitas do mundo!

Algumas palavras de dom Pedro Alves

Caros amigos, caros compatriotas,

Frente à calamidade que a epidemia Covid-19 provocou por este mundo fora e, principalmente, depois de perceberque, durante o confinamento, as verdadeiras vítimas colaterais deste vírus foram as mulheres (que já eram vítimasde violências conjugais no seu dia-a-dia), as crianças, os idosos e, até mesmo, alguns homens (fenómeno do qual ainda se fala tão pouco), decidi pôr de lado os meus interesses pessoais para ajudar todas estas pessoas.

Decidi lançar a operação Um Disco d’Ouro Para As Vítimas. 

Um disco d’Ouro, em Portugal, é atribuído por cada 7500 exemplares vendidos. Decidi oferecer a integralidade dos meus direitos de intérprete, de produtor e todos os benefícios da comercialização dos 7500 exemplares à operação Um Disco d’Ouro Para As Vítimas.

No final desta operação, vamos reverter mais de 50.000€ à APAV, Associação Portuguesa de Apoio á Vítima. 

Contamos consigo para comprar este CD para si ou para oferecer, ficando assim com a sensação de “juntar o útil ao agradável” oferecendo um presente e participando para uma justa causa. Se for uma empresa adquira vários exemplares, ofereça aos seus funcionários, aos seus colaboradores, aos seus clientes fazendo, assim, ver que responde perante uma boa causa. 

A indústria do espetáculo e da música foram, violentamente, prejudicados por este desastre pandémico, e este é um afronto que eu quero lançar ao destino com este meu gesto, oferecendo o fruto do meu trabalho e de toda a minha equipa para vir ajudar aqueles que mais precisam. Não me canso de dizer “só vamos conseguir, se pensarmos nos outros antes de pensar em nós. Só venceremos, se lutarmos pelos que mais necessitam antes de lutar por nós”. 

A partir de agora contamos convosco para fazer deste Um Disco d’Ouro Para As Vítimas, uma das mais lindas batalhas deste momento tão complicado. Como vocês, estou mais que nunca ao lado das mulheres, crianças e idosos que tanto precisam de nós, por isso, eu, vocês e todos aqueles que se preocupam, somos a sua única razão de guardar esperança. 

Esta operação é uma pequena mensagem para lhes dizer que, talvez mais que outro povo qualquer, um Português tem um coração do tamanho dos continentes que descobriu. E como já dizia a nossa diva Amália numa das suas canções “A alegria da pobreza está nesta grande riqueza de dar e ficar contente”.

Um Português responde sempre na hora de ajudar.

Sempre Vosso,

Dom Pedro